sábado, 11 de junho de 2011

Amor e fé


Não me importarei se minhas lágrimas inundarem meu caminho
Se no altar meu choro inundar a terra e molhar a lenha
Se eu passar a ver por entre as águas em meu rosto feito cachoeira
Orarei a Deus por nosso amor e, juntos não estaremos sozinhos

Que eu derrame minha alma, que pensem que estou embriagado
Ainda que, minha voz pesada não mais possa ouvir
Creio, o Espírito de Deus intercederá por mim
Se aflito me sentir ao orar por ti

Nos unimos para caminharmos juntos
O seu Deus sempre será o meu Deus
Viveremos não por fantasias ou aparências
Mas por fé, esta fé que nos deu tantas experiências

Fé que não enxerga nossas limitações
Que nos mantém ligados a Deus
Que nos ajuda a esperar com paciência
Tudo que Ele nos prometeu

Essas lágrimas que neste momento descem dos meus olhos
E regam a semente da certeza acima da esperança
De que, quem começou a boa obra é por nós
E é essa minha confiança

Oro por você, peço a Deus que te abençoe
Que faça de você, sua filha bem-aventurada
Plenamente feliz como mulher, um exemplo de fé

É teu todo meu amor...
Presente de Deus para mim
Refrigério à minha dor



 Poema de: Samuel Printes