quarta-feira, 23 de junho de 2010

O DIA PERFEITO



Será quando acordar
De manhã e te ver ao meu lado,
Poder te preparar um café,
Voltar e te ver ainda deitado,

Poder segurar sua mão e,
Andar livremente pelas ruas da cidade,
Saber que és totalmente meu e,
Que nunca mais sofrerei de saudade.

O dia perfeito
Para mim será lembrar que fiz uma oração
Te pedindo como milagre,
E poder tocar em ti, e ver na viração do dia
Este milagre em sua totalidade,

Pode um construtor, não amar
A obra que construiu com tanta dificuldade,
Olhar e não sentir-se feliz vendo o que
Que era sonho tornou-se realidade?

Pois eu tenho medo que isto um dia aconteça
Que o dia perfeito chegue e eu, talvez não mereça,
Que diante de ti, eu fique extasiada,
E ao invés de amar, para sempre adormeça,

Que não suportes meu tremor,
A força do meu amor e
Em meus braços, desfaleça.

O dia perfeito
Para mim será tê-lo ao meu lado
Sem que haja para isso juramento,
Que tudo aconteça livremente,
Que tudo se revele e seja lindo,

E para o que não foi dito,
Que haja perdão e caia no esquecimento.

O dia perfeito
Para mim será quando o amor esconder nossos defeitos
E nos deixar viver o momento,

Pois para mim este amor vem sendo construído
Através de tempos... Eternidade até

O dia perfeito
Para mim será ver concretizado
Aquilo que um dia era apenas fé.