quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Cristal Quebrado



Fim dos sonhos.
E essa dor que não passa,
Por que tem que chegar ao fim,
Algo que mal começou?
Tanto amor, tanta ilusão,
E o que faço com esse coração
Que não quer te esquecer?
...Essa esperança que não morre
Ah! Essa esperança, não quer morrer!
Era tão perfeito esse amor... Era perfeito,
Mas, como um pássaro abandona o ninho,
Você voou para outros braços,
Deixando em pedaços meu coração,
Como um cristal que caindo ao chão,
Torna-se em minúsculos grãos,
Quase como de areia,
Assim está o meu coração.
... Se ao menos pudesse juntar os pedaços!
Reconstruir minha história,
Já não estaria sofrendo,
Mas essa dor parece não ter fim,
E esse cristal quebrado, esmiuçado,
É tudo que restou de mim.


Silviah Carvalho