quarta-feira, 7 de julho de 2010

Amor!

Não há amor como o teu,
Nem outra que te ame mais que eu!